Saltar para o conteúdo

“As histórias formam o gosto pela leitura, por isso, quando a criança aprende a gostar de ouvir histórias contadas ou lidas, vai adquirir o impulso inicial que mais tarde a atrairá para a leitura.”
Pedro Strecht

page3_blog_entry138_1 page3_blog_entry138_2 page3_blog_entry138_3

Quando seleccionamos histórias para a criança, temos de ter em conta um aspecto muito importante, a idade dos nossos ouvintes. Podemos pensar que todos os livros agradam a crianças de todas as idades, mas nem sempre é assim, porque por vezes, a criança ou fica saturada ou não consegue compreender a mensagem que lhe estão a passar.

Existem livros para todas as faixas etárias e é importante que sigamos orientações precisas para proporcionar um equilíbrio à criança.

Ficam aqui algumas indicações, mas é importante referir que catalogar histórias consoante a idade da criança, é difícil! Nenhuma criança é igual e a maneira como se conta a história, faz toda a diferença:

DOS 0 AOS 3 ANOS

Na primeira infância (idade que corresponde, desde o nascimento até aos 3 anos de idade) existe uma evolução muito grande na criança, por isso, deve-se, também, evoluir no tipo de exigência do livro.

0 – 1 Ano
Nesta faixa etária, podemos dar à criança, livros pequenos para que consiga agarrá-los bem e que não tenha tendência a caírem-lhe das mãos.
Existem também livros de plástico, mas cuidado: não os levem para o banho: só vai fazer com que todos os outros livros acabem dentro de uma banheira cheia de água…

1 – 2 Anos
Nestas idades, a criança gosta de histórias simples e curtas, com uma ligação muito grande, ao que se passa à sua volta. Histórias em torno da vida familiar, com animais e com cenas do seu quotidiano.
Estes livros devem ter imagens grandes e o mais próximas da nossa realidade. As crianças mais pequenas não conseguem assimilar histórias muito longas, por isso, é importante que lhe conte histórias curtas e sucintas, ou que sejam adaptadas à sua capacidade de concentração.

DOS 3 AOS 6 ANOS

Na segunda infância (idade que corresponde dos 3 aos 6 anos de idade) as histórias já podem ser mais elaboradas e complexas. Nesta altura, apesar de as imagens continuarem a ter grande valor e a despertar muito fascínio, o texto ganha agora uma maior importância para a criança.

DOS 6 AOS 8 ANOS

Nesta fase da vida da criança, instala-se a tão célebre palavra: porquê? Começa, também, a aprender a ler e a escrever e, por isso, a criança gosta de histórias que sejam um desafio para a sua imaginação e que a faça voar na criatividade.

Todas as escolhas que façamos têm de ir ao encontro dos gostos da criança e das suas necessidades.

Boas Leituras!
Mónica Semedo, Educadora de Infância
http://moikaeosputos.blogspot.com/